Clube Paulista de Desportos no Gelo Hoje é Sexta-Feira, 27 de Abril de 2018
  Principal Modalidades O Clube Seja um Patrocinador Fale Conosco
Bobsled
História

O esporte de Bobsled era praticado no final do Século XIX em duas regiões distintas: Albany, NY nos EUA (1882) e St. Moritz, na Suiça (1897). Porém foi na Europa aonde o esporte se desenvolveu primeiramente, e fundou o seu primeiro Clube de Bobsled em 1897 na cidade de St. Moritz, Suiça.

Já em 1914, as competições de Bobsled eram organizadas em várias pistas pela Europa, principalmente na região dos Alpes europeus. Em 1923 foi fundada na cidade de Paris, a Federação Internacional de Bobsled e Tobogã (FIBT).

O Bobsled de 4 pessoas (4-man) foi incluído na 1a. edição das Olímpiadas de Inverno em Chamonix, França em 1924. Já a modalidade de Bobsled de 2 pessoas (2-man) foi incluída nas Olímpiadas de 1932 em Lake Placid, EUA.

Em 1952 a Federação Internacional de Bobsled e Tobogã (FIBT) aprovou um importante regulamento, estabelecendo o peso máximo por equipe, acabando com a era dos atletas super-pesados no esporte.

Somente nos Jogos Olímpicos de 2002 em Salt Lake City, EUA o Bobsled feminino de 2 pessoas foi incluído como modalidade Olímpica.

Disciplinas do Bobsled

Bobsled de 4 pessoas / 4-man (masculino)

Bobsled de 2 pessoas / 2-man (masculino)

Bobsled de 2 pessoas / 2-woman (feminino)

O Equipamento

Sapatilha de Bobsled – tenis especifico com 500 mini-agulhas (pregos) para tração no gelo

Capacete de Bobsled – o mesmo utilizado no motociclismo e automobilismo

Trenó - Bobsled

Velocidade máxima: 130 a 150 Km/h
Força G: atinge até 5 G’s
Peso máximo: 2-man 390 kg e 4-man 630 kg – inclue peso dos atletas e laminas
Custo do trenó: R$ 100.000,00 reais
Fabricação: Feito com fibra carbono-kevlar (mesmo material da F-1) e chassi de aço

Lâminas – Bobsled

Custo: R$ 10.000,00 reais por trenó – Cada trenó tem 4 laminas
Fabricação: Feita de aço

A Pista de Gelo

Comprimento: entre 1.400 m e 1.500 m
Curvas: entre 15 e 19 curvas
Custo para construção da pista de gelo: R$ 100 milhões de reais

A Competição

Largada: Os atletas correm 50 metros em sincronia e pulam dentro do trenó. Essa distância é percorrida em menos de 5.5 segundos acelerando o trenó a 40 km/h Para correr no gelo em alta velocidade, os atletas utilizam sapatilhas especiais que possuem 500 agulhas que perfuram o gelo, dando tração e equilibrio aos atletas.


Piloto: Depois da largada o piloto assume comando, guiando o trenó até a linha de chegada. Uma boa pilotagem requer bons reflexos e memorização do layout da pista. O piloto controla o trenó com as mãos através de um mecanismo de direção debaixo do cockpit do trenó. Um erro de pilotagem pode causar uma capotagem e consequentemente a eliminação da equipe na competição.


Chegada: Ao cruzar a linha de chegada o piloto sinaliza o atleta responsável pela freagem (brakeman). O brakeman puxa o freio e diminui a velocidade do trenó gradativamente.


Tempo: Dependendo da pista uma descida dura entre 50 e 60 segundos, aonde os trenós chegam a 150 km/h.


Pontuação e Ranking: As primeiras 30 equipes ganham pontos conforme tabela da Federação Internacional de Bobsled. No final da temporada as equipes com o maior número de pontos acumulados, é declarada campeã mundial.
Na rede
Newsletter:
Newsletter
Cadastre seu e-mail para receber informações:
Apoio
Mais Informações
Assembleias Gerais Extraordinária e Ordinária da CPDG
Baiano, Edson Bindilatti é o piloto dos Blue Birds por vaga olímpica no bobsled em 2018
Rafael Souza, vem do Rio o mais jovem integrante da seleção brasileira de bobsled
Franca do basquete é também do bobsled e tem Odirlei Pessoni nos Blue Birds
Bobsled do Brasil tem Denis Parreiras, do calor do interior de São Paulo para o gelo
Tweets
Enquete
Em qual modalidade de Inverno o Brasil ganhará a sua 1ª medalha Olímpica?
Outros 43.2 %
Bobsled 25.7 %
Skeleton 18.5 %
Curling 9.27 %
Luge 3.09 %
 
Copyright © 2018- Clube Paulista de Desportos no Gelo. Todos os direitos reservados. Siga o CPDG